Mulher entra na casa de suposta amiga e furta 3 mil

O caso aconteceu nas proximidades de um Centro de Atenção Psicossocial, que fica na região do Jardim Leonídia, na manhã de sábado (14).

Quando a polícia chegou no local, a vítima, uma doméstica de 40 anos, segurava uma mulher, K.J.M., de 29 anos. A doméstica informou que a acusada entrou em sua casa e furtou três mil reais.

Segundo ela, as duas se conheceram através de uma amiga em comum, mas não eram próximas. A doméstica mora em um imóvel localizado dentro do terreno de uma fábrica, onde toma conta, no Igarapés.

Na manhã de sábado, ela saiu de casa e quando voltou, vizinhos disseram ter visto a acusada sair um pouco antes de sua casa. A doméstica estranhou o fato e constatou o sumiço do seu dinheiro.

Com informações de que a acusada frequentava o Centro de Atenção, a vítima foi até o local e encontrou a acusada nas proximidades. Ela reparou que a acusada portava uma bolsa. Quando a abriu, encontrou um aparelho celular aparentando ser novo e uma quantia em dinheiro. Diante da suspeita, ela chamou a polícia.

Em depoimento à polícia, a acusada admitiu que subtraiu uma quantia em dinheiro e comprou um aparelho celular. Ela disse também que está passando necessidades e por isso efetuou a subtração, mas se comprometeu a pagar a quantia subtraída e o prejuízo que causou à vítima. Ela foi presa em flagrante.


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *