Cine Teatro Benedito Alves exibe filmes aos domingos e segundas

O Cine Teatro Benedito Alves recebe, neste mês, cinco filmes com sessões gratuitas pelos projetos Cine Especial e Ponto MIS. As exibições acontecem às segundas e domingos, em três horários: 14h, 17h e 19h.

A programação é resultado de uma parceria entre a Fundação Cultural e o Museu da Imagem e do Som. Entre os filmes exibidos, estão animações infantis e produções trazidas pelo próprio Ponto MIS.

Programação

06/10 (domingo) | 17h

WI-FI RALPH – QUEBRANDO A INTERNET

EUA, 2019. Direção: Rich Moore e Phil Johnston. 113min. Animação. Livre. Cine Especial

Ralph, o mais famoso vilão dos videogames, e Vanellope, sua companheira atrapalhada, iniciam mais uma arriscada aventura. Após a gloriosa vitória no Fliperama Litwak, a dupla viaja para a World Wide Web, no universo desconhecido da internet. Dessa vez, a missão é achar uma peça reserva para salvar o videogame Corrida Doce, de Vanellope.

 

07/10 (segunda) | 14h e 19h

TODOS OS PAULOS DO MUNDO

Brasil, 2018. Direção: Gustavo Ribeiro e Rodrigo de Oliveira. 80min. Documentário. 14 anos. Ponto MIS

A carreira de Paulo José, como ator, é revista a partir de seus filmes, dos icônicos “Todas as Mulheres do Mundo” a “Macunaíma”, passando ainda por “O Padre e a Moça”, “Juventude” e “O Palhaço”. Ícone do cinema brasileiro, a trajetória de Paulo José serve também como retrato de uma era no setor audiovisual do país.

 

13/10 (domingo) | 17h

WALL-E

EUA, 2008. Direção: Andrew Stanton. 97min. Animação. Livre. Cine Especial

Wall-E é o último robô deixado na Terra. Ele passa o dia arrumando o lixo do planeta. Ao avistar Eve, uma sonda mecânica em missão à Terra, ele se apaixona e resolve segui-la por toda a galáxia.

 

14/10 (segunda) | 14h e 19h

TORQUATO NETO – TODAS AS HORAS DO FIM

Brasil, 2018. Direção: Eduardo Andes e Marcus Fernando. 88min. Documentário. 12 anos. Ponto MIS

Documentário sobre a trajetória de vida do poeta, cineasta, compositor e jornalista Torquato Neto. O longa acompanha a infância do artista em Teresina (PI), sua cidade natal, até seu aniversário de 28, quando tirou sua própria vida após deixar colaborações indeléveis em movimentos artísticos como a Tropicália.

 

21/10 (segunda) | 14h e 19h

ORIDES, ONDE NINGUÉM MAIS

Brasil, 2018. Direção: David Ribeiro. 90min. Documentário. 14 anos. Ponto MIS

O filme conta a trajetória de Orides Fontela (1940-1998), desde sua infância em São João da Boa Vista (SP) até seu falecimento. Uma vida atormentada. Um espírito impetuoso. A obra literária de uma poeta única e reconhecida pela crítica e, ao mesmo, uma ilustre desconhecida.

 

Cine Teatro Benedito Alves da Silva

Rua Rui Dória, 935 – Centro, São José dos Campos

 

 


Comentar via Facebook

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *